“Miles Davis Não Era Humano, Era Um Deus”

"Miles Davis Não Era Humano, Era Um Deus" 1

“Miles Davis Não Era Humano, Era Um Deus”

Chick Corea é considerado um dos músicos de jazz mais primordiais desde os anos 60. Não é nada tradicional vê-lo por essas latitudes por esse formato musical. Festival de Jazz de Barcelona ofereceu-me a probabilidade de tocar um concerto único, e como eu adoro Barcelona e Palau de laMúsica, é um dos espaços onde mejormeencuentro tocando, aceitei contente. E, logo depois, acrescentou-se outra data em Girona.

o Que vai tocar? Quanto ao possível repertório, nestes momentos eu não tenho nem ao menos idéia do que vai tocar. Só posso expor que será um concerto composto de improvisações, standards e composições originais. Não minto se eu lhe asseguro que o decidiré a respeito da marcha. Mas obviamente cairão alguns assuntos de meus compositores favoritos, como Thelonious Monk, Bud Powell ou Bill Evans. Faltam poucos meses para que você cumpra setenta anos: o

o Que há que fazer para conservar-se pela primeira linha? Em primeiro espaço, o que há que fazer é não reflexionar na passagem do tempo. Logo após, convém não enxergar demasiado pro serviço de imediato feito, quer dizer, há que se formar um horizonte mais imenso possível, onde caibam as músicas mais numerosas, em razão de isso facilita que os projetos alheios raramente se soem estranhos. E além de tudo, há que ter despertado o espírito de curiosidade e a competência de entender até o último dia.

Existe um mês se cumpriram 40 anos de lançamento do disco Bitche’s brew, de Miles Davis. Como é que recorda a tua participação por esse álbum? Era uma data de actividade muito intensa, e com Milhares as coisas eram bastante mutáveis e imprevisíveis.

Entre os que foram pra aquela gravação histórica estava Lenny White, com quem voltou a atuar há alguns meses em teu nação. Concretamente, nós nos encontramos nós dois com Stanley Clarke, e mais do que lembrar velhas brigas, o que fizemos foi montarnos um trio acústico e dar concertos abertos em formato de jam-sessions. Não se podes idealizar a tremenda acolhimento que tiveram. Qual é a sua lembrança de Milhares como músico e pessoa?

de fato Era como um deus, alguma coisa além da tamanho humana. Olhe, eu trabalhei com ele, em seu grupo, de 1968 a 1970. Mas foi em 1948, quando comecei a ouvir a tua música, ou seja, desde que eu tinha 7 anos, pela residência de meus pais.

  1. Clube de Natação Da Alameda
  2. “New Blood” – Beth Wood
  3. É obrigatório o seguro de viagem para o México
  4. 3 Temporada 3
  5. Musa ibn Jafar (745-799), assim como chamado de Musa al-Kazim

Foi, e é, um dos criadores mais determinantes da história da música popular, entre diversas novas coisas, por sua extrema intervenção nos mais diferentes gêneros, e não apenas o jazz, como você poderá ver. Entre os abundantes projetos que lidera ou em que participa, como

É uma ideia que leva a cabo o saxofonista e produtor Bob Belden, deste modo que melhor lhe pergunta a ele sobre o seu assunto. Tudo o que eu fiz para este projeto foi gravar no mês de maio, em Nova York, novas sessões com Jorge Pardo, Carles Benavente e Criança Josele.

nós Nos divertimos muito, no entanto prontamente lhe digo que não imagino muybien em que modelo será publicado o que gravamos lá. Chick Corea alega-se a um projeto que coincide com o cinquentenário da publicação de Sketches of Spain”, o disco de Miles Davis, dedicando-se à música espanhola, essencialmente para o Concerto de Aranjuez de Joaquín Rodrigo. O impulsor da iniciativa é o citado Bob Belden, um músico norte-americano de jazz e muito ligado ao selo Blue Note, que imediatamente promoveu, em 2008, um disco em homenagem a Centenas de pessoas com músicos da Índia. Acabou de mencionar a Criança Josele como um dos participantes nestas sessões, o

por