Dez Chaves E Mistérios A Respeito Do Galeão ‘São José’

Dez Chaves E Mistérios A Respeito Do Galeão 'São José' 1

Dez Chaves E Mistérios A Respeito Do Galeão ‘São José’

A descoberta do galeão San José , 307 anos após seu naufrágio, foi reaberto o debate sobre a titularidade do património subaquático. Além do mais, tenha em mente que há muitos mistérios históricos por solucionar e a resposta a grande cota deles está no fundo do mar.

Os arquivos da Armada espanhola só conservam documentos originais desde 1767. Antes, o detalhe sobre o assunto naufrágios baseia-se em documentos secundários ou bibliográficos. Portanto, ninguém domina ao certo o que tesouro encerra o galeão. Durante os anos, a lenda vem aumentando e se pressupõe cerca de duzentos toneladas de carga, incluindo 11 milhões de moedas de ouro e prata, além de pedras preciosas.

Santos não revelou o ambiente onde está o barco e disse somente que está “muito profundo”. O naufrágio ocorreu em frente à península de Barú, a trinta quilômetros de Cartagena e perto das ilhas do Rosário. O Estado colombiano, graças a uma parceria com uma organização privada, que corre com o custo de financiamento e cujo nome ou nacionalidade Santos não revelou, ante a direcção científica do Icanh. Na operação participaram o navio oceanográfico da Marinha colombiana Malpelo e pra análise submarina foram utilizados automóveis não tripulados.

  • Grupos azuis: de imediato contém um grau de problema mais grande
  • três Século XVIII
  • Lord Voldemort
  • Uma aliança do PP com o PSOE e Cidadãos, opção favorita

Participa de um material científico multidisciplinar com especialistas internacionais, todavia “não é possível publicar a sua identidade”, por se tratar de um “questão de Estado”. O Santos teve muito interesse em deixar claro que a seleção da equipe havia prima o feitio científico. “Os muitos cazatesoros e escolheu um pc que tenha a apoio científica da tecnologia apropriada”, insistiu o presidente.

Por seu lado, a ministra da Cultura, Mariana Garcés, alegou que “chegamos até aqui por qualquer coisa que não seja ao acaso”, deixando claro que o achado do San José deveu-se a “um serviço planejado”. “A informação de sonar foi avaliada por equipes de cientistas nacionais e estrangeiros.

foram cadastrados em torno de cem milhas quadradas, o que lhe oferece a Colômbia, um conhecimento claro e específico dessa área em volta do patrimônio cultural submerso. As descrições dos canhões de bronze, que estão em ótimo estado, não existe nenhuma indecisão de que se trata do galeão San José”, garante o Governo colombiano.

6. COMO SE RECUPERARAM ALGUNS Objetos? “O sítio arqueológico não foi aprovada”, reza o comunicado. O barco está deitado sobre isto um de seus lados e, de instante, somente foram filmado e fotografado semi-enterrados a respeito do leito marinho canhões, armas pessoais, vasos de cerâmica e porcelana, gavetas e tabelas. “Não havia chegado antes nenhum ser humano”, disse Montenegro, descartando-se terminantemente a alternativa de que tivesse sido a antropologia na apoio confiável estudos com parecer do leito marinho. Mas, esta resposta bem como pode responder a razões legais. “É um projeto de comprido tempo, que poderá durar incontáveis anos”, indica o comunicado da presidência.

por