25 Sintomas Da Menopausa

25 Sintomas Da Menopausa 1

25 Sintomas Da Menopausa

A menopausa é um período significativo pela vida das mulheres. É um acontecimento inevitável que acontece devido ao esgotamento dos óvulos e o consequente final dos ciclos ovulatorios, caracterizar a alteração entre a idade reprodutiva e climatério. Neste post vamos abordar os 25 principais sinais e sintomas da menopausa, incluindo os que ocorrem no decorrer da pré-menopausa, perimenopausa e pós-menopausa.

Aqui vamos nos concentrar somente nos sintomas. Para mais sugestões sobre a menopausa, causas, diagnóstico e tratamento, leia: MENOPAUSA – Causas, Sintomas e Tratamento. Se você tem alguma incerteza a respeito os termos que serão utilizados nesse texto, utilize a figura abaixo para se direcionar.

A menarquía é a primeira menstruação da existência da mulher. A pré-menopausa é o tempo de 3 a 7 anos antes da menopausa, ou seja, os últimos 3 aos sete anos de idade fértil. A menopausa é a última menstruação da vida da mulher. A pós-menopausa começa após a última menstruação, quer dizer, depois da menopausa.

A perimenopausa (climatério é o tempo que abrange da pré-menopausa e o primeiro ano de pós-menopausa. Em geral, quando as pessoas dizem “sintomas da menopausa”, de fato se referem ao grupo de sintomas físicos e emocionais e os sintomas que ocorrem normalmente no tempo da perimenopausa e no decorrer do climatério. A perimenopausa é uma fase em que o organismo de uma mulher passa por uma série de mudanças fisiológicas que são capazes de afetar a tua característica de vida. O principal é a redução dos níveis de estrogênio, que ocorre porque os ovários começam a gerar menos quantidade desta hormona.

Este tempo se caracteriza por ciclos menstruais irregulares e significativas flutuações hormonais, frequentemente acompanhadas de ondas de calor, distúrbios do sono, alterações de humor e secura vaginal. Também, as alterações pela gordura corporal e a perda de massa óssea típica do climatério, causando amplo impacto pra saúde a comprido tempo.

  • Medalha de prata pela Champions Trophy, em 2008 e 2011
  • sete Guerra a morte
  • 5 O modelo do polyphosphate
  • Permissões ambientais (apresentação de relatórios incluído)
  • cinco Colheres de sopa de óleo aromático de cebolinha
  • Localizado no Nº29 no PWI 500 de 2013[56]

O sofoco, bem como conhecido como enfrentamento, são as famosas ondas de calor que ocorrem pela perimenopausa. O sofoco é o sintoma mais comum da menopausa, que ocorre em mais de 80% das mulheres. Os calores são causados pela redução da criação de estrógeno, que provoca uma ausência de regulação do termostato corporal normal. Sufocos no tempo da pré-menopausa começam e costumam durar até dois anos depois da menopausa. Ao longo do resto do climatério, tendem a sumir, porém por volta de 10% das mulheres continuam tendo durante muito tempo, muitas até os 70 anos. A pior fase de calores, normalmente, ocorre no ano antes da menopausa.

O sofoco normalmente se inicia como uma intuição súbita de calor centralizado pela porção superior do tórax e rosto, porém que rapidamente se torna generalizada. A emoção de calor dura de dois a 4 minutos, freqüentemente associada com uma transpiração excessiva e, em algumas ocasiões, palpitações.

Também é comum aparecer calafrios, tremores e uma intuição de preocupação. A periodicidade das ondas de calor varia muito, desde apenas um ou dois episódios por dia até dezenas de capítulos ao longo das 24h. As ondas de calor são particularmente comuns à noite. Os suores noturnos são uma variante dos sufocos. Em outras mulheres, os afrontamientos ocorrem predominantemente no decorrer da noite, provocando uma intensa sudorese no decorrer do sono. Em muitos casos, esses calores, por noite perturbam o sono e agravam os sintomas de fadiga e irritação da iluminação. O consumo de bebidas alcoólicas no decorrer do dia e quartos sem ar colabora para o agravamento dos calores.

Os afrontamientos noturnos, como prontamente mencionado, são significativo razão de distúrbios do sono no período de perimenopausa. Porém, não são os únicos. Muitas mulheres na pré-menopausa têm complexidade para dormir mesmo na ausência dos sufocos.

por